Search

Programação traz também estreia em dobro de filmes de Karim Aïnouz, uma animação, terceira edição do Cine Beijoca, filme brasiliense “A Flor da Idade” e obra vencedora do 23º Grande Prêmio do Cinema Brasileiro “Marte Um”

 

Pedro Almodóvar, um dos diretores mais renomados da indústria cinematográfica, conhecido por seus sucessos de crítica como “Má Educação”, “Volver” e “A Pele que Habito”, retorna com uma obra que promete agitar o mundo cinematográfico mais uma vez. Estranha Forma de Vida é um média-metragem de 31 minutos que mergulha os espectadores em uma história de amor no cenário incomum do faroeste. O filme entra em cartaz no Cine Brasília a partir de quinta-feira, 28 de setembro.

Estrelada pelos talentosos Pedro Pascal e Ethan Hawke, a nova produção do cineasta espanhol tem sido considerada como a resposta de Almodóvar a “O Segredo de Brokeback Mountain”, de Ang Lee, obra que de mesma temática e à qual ele quase dirigiu. Em Estranha Forma de Vida, o diretor oferece uma perspectiva contemporânea e única sobre os dilemas apresentados no filme de Lee, levando os espectadores a uma jornada envolvente e emocional, explorando os desafios de um romance gay em um ambiente que remete ao Velho Oeste.

O filme acompanha a jornada do rancheiro Silva, interpretado por Pascal, que após um 25 anos empreende uma jornada solitária pelo deserto com o propósito de visitar seu antigo amigo Jake, personagem de Hawke. O que se desenrola a partir desse reencontro é uma tarde de profunda intimidade compartilhada, reconciliação e evocação de memórias passadas.

Continuando com o projeto que exibe curtas-metragens antes de alguns longas em cartaz, o filme A Alma das Coisas, de Douglas Soares e Felipe Herzog, abre as sessões de Estranha Forma de Vida durante esta semana. O trabalho foi selecionado através da Chamada Pública de Curtas do Cine Brasília e a narrativa se conecta à mitologia dos Orixás, utilizando o boneco Babalotim como um símbolo da criação que já participou de inúmeros Carnavais. A história revela como, sob a celebração festiva, existem tramas de narrativas ancestrais e ciclos de vida que perduram através do tempo.

 

ESTREIA EM DOBRO

Pela primeira vez em sua carreira, o cineasta cearense Karim Aïnouz realiza uma estreia simultânea de duas obras de uma só vez no Brasil. Ambos em formato de documentário, Marinheiro das Montanhas e Nardjes A estreiam na tela do Cine Brasília a partir de sexta, 29. Os dois filmes brilharam nos circuitos de festivais europeus. O primeiro, exibido em Cannes, em 2021, enquanto o segundo foi selecionado para a programação do Festival de Berlim em 2020. As obras nasceram a partir da primeira viagem do diretor à Argélia, país africano onde seu pai nasceu.

O filme Marinheiro das Montanhas traz a jornada de Karim Aïnouz em busca de suas raízes, um registro documental que nos conduz pela experiência pessoal do diretor e nos guia até as deslumbrantes montanhas da Cabília, onde reencontra sua família paterna e busca compreender profundamente suas origens. Nascido em Fortaleza, o diretor manteve um contato limitado com seu pai, Majid, ao longo de sua vida, tornando essa exploração de suas raízes ainda mais significativa e emotiva.

Em Nardjes A, acompanhamos de perto um dia na rotina da ativista que dá nome ao filme, à medida que ela se une a uma multidão de manifestantes nas ruas da Argélia, todos determinados a derrubar um regime que os manteve silenciados ao longo de décadas.

 

SESSÃO ESPECIAL 

No dia 1º de outubro é celebrado o Dia Internacional das Pessoas Idosas e o Dia Nacional do Idoso e, em alusão à data, no dia 28 de setembro o Cine Brasília recebe a o lançamento de uma produção do Distrito Federal que foi selecionada no Telefilmes Regionais 2020, da Globo Filmes. Com direção de Getsemane Silva e Mykaela Plotkin, A Flor da Idade conta a história de Rosa, que se anima ao criar um perfil num aplicativo de paquera, mas comete o erro de colocar fotos antigas. Depois que o papo com uma pessoa mais nova engata, ela não sabe o que fazer para sair do problema no qual se colocou. Filmado em 2021, o filme é uma produção da Machado Filmes, e conta com direção e atores locais. A obra também teve participação ativa da Globo Filmes em todas as etapas de produção . A sessão inicia às 20h e conta com entrada gratuita.

 

SESSÃO ACESSÍVEL

Mensalmente, no último sábado do mês, o Cine Brasília promove sua Sessão Acessível, oferecendo a exibição gratuita de filmes equipados com recursos de acessibilidade, projetados na tela. A sala é mantida com meia luz e com volume reduzido, tornando a experiência especialmente acolhedora para pessoas com espectro autista. Neste mês, a sessão acontece no dia 30, às 14h, e exibe o grande vencedor do 23º Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, o filme mineiro Marte Um. Consagrado com oito prêmios na cerimônia da Academia Brasileira de Cinema e Artes Audiovisuais, realizada em agosto deste ano, o filme levou para casa os troféus de Melhor Longa-Metragem de Ficção, Direção, Roteiro, Ator, Ator Coadjuvante, Fotografia, Som e Montagem.

Com direção de Gabriel Martins, Marte Um narra a trajetória de uma família de origem negra que reside na periferia de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, em um momento em que o país acaba de eleger um presidente de extrema-direita. O filme aborda as batalhas e tensões enfrentadas pelo casal Tércia e Wellington, além das descobertas realizadas por seus filhos, Deivid e Eunice. Enquanto o pai almeja que Deivid alcance a fama como jogador de futebol, o jovem sonha em se tornar um astrofísico e participar de uma futura missão a Marte, programada para 2030. O longa foi o escolhido para representar o Brasil no Oscar 2023, mas infelizmente não conseguiu chegar à disputa final.

 

CINE BEIJOCA

A terceira edição do Cine Beijoca em parceria com o Cine Brasília apresenta o filme São Bernardo, de Leon Hirszman. Promovido pelo curso de Audiovisual da Faculdade de Comunicação da UnB, a iniciativa busca promover encontros, reflexões e celebrar o cinema. A sessão gratuita, acontece na segunda-feira, dia 2 de outubro, seguida de debate. São Bernardo é uma adaptação cinematográfica da obra homônima de Graciliano Ramos. O drama que aborda a vida de Paulo Honório, homem de origem humilde que ascende socialmente e se torna um latifundiário em Alagoas. Desejando um herdeiro, ele busca casamento com a professora da cidade, Madalena, mas as diferenças entre eles se acentuam. Honório é um homem impotente no campo sentimental e obcecado por valores político-sociais antiéticos e agressivos. Logo após a exibição, acontece um debate mediado pelos cineclubistas Pablo Gonçalo, professor de Cinema da UnB, e Angelo Pignaton, aluno de Audiovisual da UnB, além da presença do convidado Paulo Paniago, professor, romancista e mestre em Literatura.

 

SESSÃO TERRITÓRIOS CULTURAIS

O Cine Brasília realiza, por mês, duas sessões especiais como parte do projeto Territórios Culturais. Essa iniciativa é uma colaboração entre as Secretarias de Educação e de Cultura e Economia Criativa, que proporciona a crianças e adolescentes a oportunidade de participar de apresentações e sessões em locais culturais do Distrito Federal. Além disso, são disponibilizados ônibus gratuitos para o transporte dos grupos. Ainda na segunda, dia 2, será exibida a animação Perlimps, de Alê Abreu. Do mesmo diretor do longa O Menino e o Mundo, o filme é uma jornada mítica e encantada por uma densa floresta, povoada por seres mágicos que se unem para enfrentar as forças do mal. A sessão começa às 14h e é gratuita apenas para escolas selecionadas, mas o público em geral também pode assistir ao preço de R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

 

SESSÃO INFANTIL

Ainda no gênero animação, volta à programação do Cine Brasília o longa Ruby Marinho: Monstro Adolescente, mais recente filme da DreamWorks. A história gira em torno de Ruby, uma adolescente kraken que vive entre humanos, escondendo sua natureza marítima. Ela deseja convidar seu crush para o baile de formatura, mas descobre que o evento será no mar, local proibido para ela. O filme faz uma paródia ao inverter os papéis das sereias, apresentando-as como as vilãs da história, em uma reviravolta inspirada em A Pequena Sereia. As sessões de Ruby Marinho seguem até o dia 4 de outubro, às 10h, com exceção de segunda, que não terá exibição.

 

ESTREIA DA SEMANA

A partir desta quinta-feira, o filme dinamarquês Terra de Deus, de Hlynur Palmason, entra na grade do Cine Brasília. O filme trata da jornada de um jovem padre dinamarquês no final do século XIX, que viaja para uma região remota da Islândia com o objetivo de construir uma igreja e documentar a vida do povo local por meio da fotografia. No entanto, à medida que ele se adentra na paisagem inóspita, ele se desvia de seu propósito original, levando-o a questionar sua missão e seus princípios morais. O longa fica em cartaz no Cine também até o dia 4, com exibições às 14h.

Os ingressos para as sessões regulares no Cine Brasília custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), com exceção das segundas-feiras, que tem entrada no valor único de R$5,00, e podem ser adquiridos na bilheteria do cinema ou no SITE. Os filmes Estranha Forma de Vida, Perlimps e Ruby Marinho possuem recursos de acessibilidade de libras, legendas e audiodescrição através do aplicativo Mobi LOAD.

 

SERVIÇO – CINE BRASÍLIA

Endereço: Asa Sul Entrequadra Sul 106/107 – Brasília, DF, 70345-400.

Informações pelo WhatSApp: 61 99878-2198 ou contato.cinebrasilia@gmail.com

Ingressos à venda na bilheteria ou pelo link: ingresso.com/cinema/cine-brasilia

 

PROGRAMAÇÃO 28 DE SETEMBRO 4 DE OUTUBRO

QUINTA-FEIRA, 28/09
10h00 — Ruby Marinho
14h00 — Terra de Deus
17h30 — A Alma das Coisas (20min) + Estranha Forma de Vida
20h00 — A Flor da Idade – Sessão + Debate

SEXTA-FEIRA, 29/09
10h00 — Ruby Marinho
14h00 — Terra de Deus
17h00 — Nardjes A
19h00 — Marinheiro das Montanhas
21h00 — A Alma das Coisas (20min) + Estranha Forma de Vida

SÁBADO, 30/09
10h00 — Ruby Marinho
14h00 — Sessão Acessível: Marte Um
17h00 — Nardjes A
19h00 — Marinheiro das Montanhas
21h00 — A Alma das Coisas (20min) + Estranha Forma de Vida

DOMINGO, 01/10
10h00 — Ruby Marinho
14h00 — Terra de Deus
17h00 — Nardjes A
19h00 — Marinheiro das Montanhas
21h00 — A Alma das Coisas (20min) + Estranha Forma de Vida

SEGUNDA, 02/10
14h00 — Território Cultural – Perlimps
16h00 — Marinheiro das Montanhas
19h00 — Cine Beijoca: São Bernardo + Debate

TERÇA-FEIRA, 03/10
10h00 — Ruby Marinho
14h00 — Terra de Deus
17h00 — Nardjes A
19h00 — Marinheiro das Montanhas
21h00 — A Alma das Coisas (20min) + Estranha Forma de Vida

QUARTA-FEIRA, 04/10
10h00 — Ruby Marinho
14h00 — Terra de Deus
17h00 — Nardjes A
19h00 — Marinheiro das Montanhas
21h00 — A Alma das Coisas (20min) + Estranha Forma de Vida

Curtiu a programação?  Acompanhe os horários no site e aproveite para assistir importantes obras do audiovisual ao longo da semana. Desde 2022, a casa do cinema brasileiro possui uma nova gestão compartilhada entre a OSC Box Cultural e a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal. O espaço cultural segue sob a direção geral de Sara Rocha e curadoria de Sérgio Moriconi.

📲 Siga o Cine Brasília no Instagram.

Precisa de ajuda?